Arquivo da tag: resenha

Resenha: Batom Natura Aquarela Vinho 01

Até pouco tempo, eu era daquelas que não usam batom escuro por nada. Sempre achei bonito nas outras meninas, mas em mim tinha a sensação de que não caia bem. Sou muito branquinha e tinha medo de ficar vulgar ou exagerado.

Um belo dia me apaixonei por um vermelho bem fechado, comprei e usei uma vez. Gostei tanto que não larguei mais. Agora, acho charmoso e elegante. A cara do poder, rs!

Bom, mês passado fiz aniversário e ganhei o Natura Aquarela Vinho 01. Adorei, ele é matte, do jeitinho que eu gosto. Como é uma ótima opção para os makes de inverno, corri mostrar pra vocês. ;o)

selfie-natura-vinho-batom

 

O efeito matte realmente existe. Outro ponto positivo, é a presença de proteção solar, com fps 10.

natura-swatches-vinho-batom

 

Quanto à durabilidade, achei baixa. Sai rápido dos lábios e, como todo batom escuro, fica manchado com facilidade e requer reaplicação constante.

De qualquer maneira, gostei muito do tom. Não é algo que uso no dia a dia de trabalho, por exemplo, mas gosto para sair.

E você, gostou? Atualmente o valor dele é de R$19,80.

 

Resenha: Pincel retrátil Macrilan

E o post de hoje tem apego emocional. Apresento a vocês o mais novo queridinho da minha necessaire: pincel retrátil para blush da Macrilan.

Macrilan-pincel-retratil

Eu explico.

Sou viciada em pincéis retráteis, pois são ótimos para carregar na bolsa, em viagens, para a casa das amigas, enfim. Tinha um de blush super fofo da Sephora que era parceiro de todo santo dia há tempos. Vivia na minha necessaire há pelo menos um ano e meio, até que o pior aconteceu: ele sumiu! Perdi pra sempre e, desde então, minha maquiagem diária nunca mais foi a mesma. Eu frequento a academia pela manhã, então, me maquio com os itens que carrego na bolsa. Tentei comprar outros, mas nenhum atendeu minhas expectativas até me deparar com essa novidade da Macrilan!

Ele custou algo por volta de R$12, um valor bem ok pela qualidade. É bastante macio, mas não deixa de ter a firmeza que precisamos para a aplicação. O sistema retrátil é bem resistente e o tamanho compacto também é um ponto a favor.

macrilan-pincel

Além da cor preta, é possível achá-lo nas cores: rosa, prata e roxo.

Bom, concluindo, confesso que me surpreendeu. Não conhecia os produtos da marca e vou procurar saber mais sobre eles.

Ah, e caso você esteja se perguntando sobre a razão de minha preferência pelos pincéis retráteis, é o seguinte: eles têm tampa, o que protege as cerdas e evita que fiquem tortas com o tempo – normal de acontecer com os pincéis que carregamos por aí. Além disso, por conta dessa proteção não sujam a necessaire e são mais higiênicos para aplicarmos na pele.

;o)

 

 

 

 

 

Resenha: Difusor Secar

Quem não gosta de ter a casa sempre cheirosinha, com a cara da limpeza?

Para isso, os difusores de ambientes são super aliados. Eu sempre tenho em casa, principalmente no lavabo. Além de deixar o local com um aroma super agradável, ainda ajuda na decoração. Opções lindas não faltam por aí. Porém, isso às vezes acaba custando caro.

Há alguns meses descobri este difusor da Secar de 100 ml. Quem nos acompanha no Instagram (@delaspraelas), já ouviu falar dele por lá.

difusor-emb

 

Agora, como o meu chegou ao fim, vim contar mais detalhes para vocês.

Como comentei, ele vem com 100 ml e é, aparentemente, a versão menor dos difusores tradicionais da marca (300 ml). É vendido no mercado, nas opções: Tangerina, Alecrim e Lavanda – a de tangerina é exclusiva dessa versão. 

O que me chamou a atenção foi o preço, muito camarada se comparado a todos que eu já vi por aí com a mesma quantidade. Paguei R$12,90 no Supermercado Sonda. A embalagem é de plástico e deve contribuir para isso.

difusor-novo

 

Quando comprei, achei que por conta do preço a durabilidade não fosse tão boa. Me enganei. Diferentemente de muitos difusores que já vi por aí, ele durou bastante em termos de quantidade e essência (não ficou fraco com o tempo).

secar-difusor

 

Depois dessa foto, durou mais um mês. Ou seja, rendeu 2 meses de uso! Ótimo, não?

Resumo de Março

Mais um mês se foi! Bye, bye Março!

Vamos ver um pouco do que rolou no blog?

Resumofevereiro

  • Upside down, a nova máscara de cílios da Sephora: A resenha mais esperada – por mim, pelo menos.. rs!
  • Liquidificador individual My Blend, da Oster: não é por nada não, mas vale dar uma olhada!
  • A chegada da Forever 21

Bjo, bjo!

Resenha: Liquidificador individual My Blend

Se você segue o Delas Pra Elas no Instagram (@delaspraelas), deve ter visto que o My Blend, da Oster, era um objeto de desejo. Isso que dá virar dona de casa, a gente passa a ter liquidificador na wish list… Agora, se você não segue, faz esse favor, vai?! ;o)

myblend-liquidificador-oster

Pois, bem. Eu me explico. Ele é um liquidificador para porções individuais e o copo onde os ingredientes são processados pode ser usado normalmente para o consumo da bebida que você fizer. Super prático. Nem tanto pelo copo multiuso, confesso, mas muito mais pela facilidade de uso, muito mais prático que o liquidificador tradicional ou um mixer.

Olha só como ele é:

myblend-resenha

Vem com a base, a peça com as lâminas (na foto acima está encaixada no copo azul), os copos e suas tampas. O meu veio com dois copos, mas há a opção de comprar apenas um.

Essa peça com as lâminas é a responsável pelo encaixe na base. Olha só:

myblend-resenha-itens

Como comentei, o uso é o mais prático do mundo. Adotei pra vida, juro. Não sei como vivi como dona de casa até hoje sem esse liquidificador – Oi? Tô doida mesmo, rs!

Bom, veja só e e pire você também:

1. My blender na tomada. O plug é diferente do nosso novo padrão nacional, mas nada que um adaptador não resolva.

myblend-tomada

2. Ingredientes no copo, fechado com a tampa das lâminas.

myblend-copo

3. Copo na base

myblend-copo-resenha

4. Quem precisa de botão? Aperta, fia. Pronto, tá funcionando!

myblend-uso5. Tira da base. Tira as lâminas. Se for sair de casa, coloca a tampinha do copo.

myblend

myblend-copo-resenha (2)

Ela tem até uma alça para facilitar o transporte do copo.

Acho que deu pra perceber que eu super recomendo, né? Ele me ajuda muito no dia a dia, principalmente logo cedo, com o café da manhã ou pré-treino.

Antes de contar com um super-frete-amigo pra trazê-lo dos EUA, pesquisei para comprar por aqui. Achei em um único site que cobrava R$350 pelo blender com um copo. Achei um absurdo!

Nos EUA não passa dos US$35 dólares. O meu acabou virando presente de aniversário de casamento, por isso não sei quanto foi exatamente. Então, se você estiver de malas prontas, vale trazer um desses. Tem na Target.

Resenha: Máscara de Cílios Upside Down Sephora

Quando soube que a Sephora lançou uma nova máscara de cílios com uma proposta mega diferente de tudo que já vimos, quase pirei. Achei o máximo e tratei de pedir uma encomendinha básica para uma amiga que estava nos EUA – pra minha sorte, já que ainda não está a venda no Brasil!

upsidedown-embalagem

A Upside Down Mascara é fora do padrão em todos os aspectos: embalagem e aplicador, que vem com duas “escovinhas” com formatos diferentes e que juntas parecem uma só. Para uni-las ou separá-las, basta manusear como uma pinça para os movimentos de “abre e fecha”.

sephora-upsidedownSegundo a Sephora, as escovinhas encaixam-se perfeitamente aos cílios e isso realmente acontece. A posição de uso é essa da foto abaixo, com a parte superior (com o meio mais largo) ficando na parte de cima dos cílios, já a inferior (com o meio mais estreito), na parte de baixo.

O aplicador “abraça” os cílios, dá uma olhada:

upsidedown-uso-sephora

Há também a possibilidade de usar como uma máscara normal. Para isso, basta segurar o aplicador “fechado”, com as duas escovinhas juntas. Nesse caso, o lado formado pela escova mais estreita deve ser usado para aplicar o produto nos cílios inferiores. Já a mais larga deve ser posicionada para dar o efeito aos cílios superiores.

Agora que vocês já viram os detalhes do produto, vamos ao que interessa: o uso!

Quem acompanha o Instagram do Delas Pra Elas (@delaspraelas) sabe que venho usando essa máscara há cerca de um mês. Queria conhecer bem antes de passar minhas impressões para você.

Ao retirar o aplicador da embalagem, as escovinhas vêm com muito produto. Dá uma olhada:

aplicador-upsidedown

Por isso peguei o hábito de remover o excesso com um pedaço de papel higiênico.

aplicador-sephora

No que diz respeito à aplicação nos cílios, achei o começo bem complicado. É difícil manobrar essa máscara e sempre acabo com o produto nas pálpebras, mesmo sentindo um pouco mais de facilidade com o dia a dia do uso.

sephora-epsidedown-aplicar

sephora-rimel-uso

Viu os borrões? No começo eles eram bem piores…

Tirando a dificuldade de aplicação por conta do modelo ser bem diferente do que estamos acostumadas, o aplicador cumpre bem seu papel, sem juntar os cílios em “tufinhos” – algo que me irrita muito. A principal vantagem é, sem dúvida, ele envolver os cílios na parte superior também.

Olha só o comparativo: com e sem a máscara.

upsidedown-sephora-resenha

Em relação à qualidade do produto, é bem o que conhecemos de Sephora, com uma pigmentação forte, boa durabilidade e sem borrões ao longo do dia. Ah, a Upside Down não é à prova d’água.

O resultado final, sem usar curvex.

sephora-upsidedown-r

Bom, minha opinião bem sincera é a seguinte: é um produto muito mais curioso do que efetivamente eficiente. Achei que o resultado não foge muito do que conseguimos com uma máscara convencional, por isso, se você já tem sua queridinha, não acho interessante arriscar. Mas, se gosta de conhecer produtos novos, vai em frente. O dinheiro não será perdido, já que ele pode ser usado como uma máscara normal caso não se adapte.

O valor é de US$22 na Sephora dos EUA. Deve chegar no Brasil daqui uns meses, mas caso não queira esperar, vale encomendar com os sites que importam produtos gringos ou, ainda, pedir pra aquela amiga que está de malas prontas.

E aí, gostou da resenha?

;o)

Resenha: Clarisonic

A Clarisonic é, basicamente, é um aparelho de limpeza de pele eletrônico, que remove sujeira e reduz a oleosidade e a aparência dos poros, além de fazer uma esfoliação suave. Tem diversas versões (incluindo uma também para o corpo, a mais equipada) e pode ser encontrado em várias cores.

Ela já está há tempos no mercado e não deve ser mais novidade pra muita gente. Então, você deve estar se perguntando qual é o motivo dessa doida fazer um post sobre ela, certo? Rs! ;o)

Bom, as opiniões sobre o aparelho são as mais diversas desde seu lançamento, vão de muitos elogios ao completo descaso com a pobrezinha. Por isso, optei por usar a minha por bastante tempo para conseguir dar uma opinião consistente a vocês.

Ela foi um presente de aniversário e está comigo desde junho. No começo usei diariamente, por pouco mais de um mês. Com o tempo, fui ficando mais relaxada e hoje uso mais esporadicamente, umas duas vezes por semana, principalmente para esfoliação da pele. Veja só como ela é:

20131117_191919

O formato lembra um barbeador e a escovinha é bem macia. 20131117_191929

As cerdas centrais se movem circularmente, em uma ou duas velocidades, dependendo do modelo. A minha é o modelo Mia 2, com duas velocidades.

20131117_192329

Ela vem com uma capinha para as cerdas, uma caixinha para guardá-la e o carregador – que “pluga” nela como um ímã, bem legal! Esse é um dos pontos bem bacanas: por não ter “emendas”, pode ser colocada na água, o que torna seu uso muito prático durante o banho.

20131117_192141

Ah, também acompanha um sabonete líquido para usar com o aparelho, mas ele não é nada fora do normal e pode ser substituído pelo que preferir. Como comentei, uso a minha para esfoliação, com um sabonete próprio pra isso.

20131117_192206 20131117_192531

Postei no Instagram – @delaspraelas … segue, vai! – um vídeo com ela em funcionamento, clica aqui.

Bom, mas vamos ao objetivo do post, a efetividade:

Acho engraçado como reagimos de maneiras diferentes aos produtos, gadgets, etc. Eu gostei bastante e vi resultados logo no começo, minha pele ficou lisa e macia. A grande maioria dos comentários e impressões é parecida com a minha, mas há quem diga que não notou diferença alguma. Acredito que isso tenha explicação: nunca tive uma rotina muito rigorosa de cuidados com a pele do rosto. Talvez pra quem tenha, a “super maquininha” não faça diferença.

Hoje, com muito tempo de uso, acho que para essas pessoas o investimento não é uma boa opção. A Clarisonic é cara e não acho que vale a pena pelo que entrega pra elas. Eu ganhei a minha e adorei, confesso. Porém, talvez não tivesse comprado por conta do valor (a versão mais simples está hoje 125 dólares no portal da Sephora dos EUA, aqui no Brasil dá pra comprar no Mercado Livre ou em lojinhas de importados, mas por muito mais que isso).

Por isso, sugiro que antes de adquirir a sua teste as escovinhas e máquinas similares (já existem várias por aí). Ainda, se der use a Clarisonic de alguém para conhecê-la.